vareta de cobalto densificado

Vareta de cobalto densificado: o que é e para que serve

A aplicação de revestimentos metálicos é amplamente utilizada no setor industrial com objetivo de elevar a resistência ao desgaste, corrosão, isolamento térmico e elétrico. Nesse sentido, a vareta de cobalto densificado (estelite) se destaca pelas características de suportar altas temperaturas e dureza.

Para que você possa conhecer mais detalhes sobre o material e o modo de uso, elaboramos um artigo com as informações técnicas mais relevantes. Leia mais e fique bem-informado.

 

Características da vareta de cobalto densificado

Em primeiro lugar é preciso esclarecer que existem vários modelos de vareta de cobalto densificado, porém, em linhas gerais, são hastes de ligas produzidas à base de cobalto, cromo e tungstênio. São indicadas para soldar peças que serão submetidas ao desgaste por fricção, impacto e cavitação.

Quanto às características do produto, após a aplicação, apresentam alta resistência a corrosão e oxidação em temperaturas elevadas (média de 700 °C). A soldagem pode ser efetuada com arco de gás tungstênio ou oxicorte e apresenta resultados eficientes nos seguintes materiais: matrizes extrusoras, lâminas de tesoura e serras, réguas de guia, ferramentas de corte para madeira, luvas de bomba, rolos de torção e facas.

Outra informação relevante é que esse modelo de uso é denominado de aspersão térmica, no qual a liga de revestimento é disponibilizada na forma de pós, arames e varetas. Por meio de uma fonte de calor, o material é derretido até que atinja o estado fundido ou de alta plasticidade sobre a peça ou equipamento manuseado.

 

Particularidades de uso

A utilização da vareta de estelite em materiais cortantes como lâminas apresenta alta qualidade de soldabilidade e pode ser aplicada em camadas espessas, sem trincas e no resultado final é verificado alto índice de dureza e resistência.

Do mesmo modo é indicado para peças que sejam expostas à variação de temperatura, forte corrosão e choques. Nesse caso, os materiais que receberão a soldagem são aço liga e carbono. Uma recomendação dos especialistas para os materiais com mais de 0,3% de carbono é de que sejam pré-aquecidos antes da realização do trabalho.

Um ponto de atenção quanto ao procedimento de soldagem é a preparação da superfície que será manuseada. Um processo bem-feito garante a qualidade de adesão do revestimento de estelite à peça.

Os cuidados são divididos em quatro etapas: limpeza, rugosidade da superfície, camada de ligação e pré-aquecimento. Do mesmo modo, a peça não deve ter nenhum resíduo de materiais contaminantes como ferrugem, crosta de óxido de ferro, graxa, óleos e umidade.

Nesse sentido, a recomendação é realizar a limpeza e em seguida iniciar o processo de soldagem, a fim de evitar o surgimento de quaisquer resíduos. As dúvidas sobre o método preparatório podem ser verificadas em normas nacionais e internacionais, como a ABNT 6405, ISO 3834-1 e SIS 055900/67 (Suécia).

 

Benefícios da soldagem

A solda é um procedimento que tem como objetivo oferecer maior tempo útil dos equipamentos e peças, e quando realizada com técnica e produtos de qualidade como a vareta de estelite, contribuem para reduzir custos com manutenção. Desse modo, ao aplicar o revestimento em um material, é possível recuperar trincas, faturas e ainda proporcionar maior resistência ao desgaste.

Da mesma maneira, o investimento em manutenção diminui a ocorrência de troca de peças em uma linha de produção, já que as peças em uso podem ser recuperadas. Outra alternativa que pode ser adotada é revestir preventivamente partes ou peças, antes de colocá-las em trabalho, prolongando a vida útil de uso.

Em resumo, a soldagem com varetas de cobalto densificado são uma ótima alternativa de manutenção de ferramentas e lâminas de corte, na indústria de beneficiamento de madeira. As características da liga são eficientes, porém, é necessária uma atenção especial com os materiais que receberão o revestimento.

No blog da Fibra do Brasil você encontra informações atualizadas sobre os equipamentos e processos utilizados na linha de produção madeireira. Acesse e esclareça suas dúvidas.

Baixe nosso catálogo e conheça toda a nossa linha de Metal Duro | Baixar grátis | Fibra do Brasil

Deixe um comentário

All fields marked with an asterisk (*) are required

X